Loading...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

CULPA


Eu te perdôo as mentiras.
Não me perdôo
por ter acreditado nelas...

Eu te perdôo a indiferença.
Não me perdôo
por ainda sofrer ao senti-la...

Eu te perdôo
as falsas carícias.
Não me perdôo,
por me entregar a elas...

Eu te perdôo a saudade.
Não me perdôo por tê-la sempre
como companhia...

Eu te perdôo a hipocrisia.
Não me perdôo
por ter sido ludibriada...

Eu te perdôo a astúcia.
Não me perdôo
por ter sido tão ingênua...

Finalmente
eu te perdôo a traição.
Não me perdôo
por nunca tê-la merecido!

Arethuza Viana

0 comentários:

Postar um comentário