Loading...

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

REENCONTROS

          

O que é suficiente para ti,
nem sempre me basta
e as palavras
morrem em minha boca,
minha insegurança é visível...

Indescritível desgaste
nas inúmeras vezes
desses nossos desencontros,
momentos em que penso
serem os últimos da minha vida.

Mas...
Voltamos
em lindas pazes...

E eu tenho muito medo
que fatalmente um dia,
num momento de reencontro,
nossos olhos nada mais tenham
para reencontrar!...

Arethuza Viana







BASTA ME CHAMAR

   

Fecha teus olhos lindos
anjo amado,
Cheguei de longe
sem nenhum cansaço.
Olha agora...
Sou eu paixão... ao teu lado,
morrendo de saudades
do teu abraço.

Toma inteira
esta mulher que te ama
que não conhece
a impossibilidade.
Depois do amor
eu ficarei em tua cama
e ao amanhecer
irei repleta de felicidade.

Mas deixarei em ti
quem sabe a recordação
de momentos que talvez
não se repetirão,
e não tenhamos mais
o tempo para amar...

Não digo adeus
meu anjo lindo
porque se quiseres
um amor infindo
Basta me querer de novo
e me chamar!

Arethuza Viana




PERDIDA


Prisioneira
Desta silenciosa prisão,
colocando num pranto
triste, calado,
a minha súplica
para estar ao seu lado .

Na pele e nos olhos,
eu lhe sinto,
como única prova
de que existe.
o corpo
quieto e faminto,
quer a recompensa
destas horas tristes.

Perdoa amor,
mas sem sua presença
a dor se instala
sem pedir licença.
São os piores
momentos da minha vida.

Perdoa
por me sentir tão insegura,
mergulhada
inteira na amargura,
como uma mulher
totalmente perdida!

Arethuza Viana

A ESPERAR-TE


Meu amado:
Eu lhe espero
numa quietude triste.

Já quando
vem a madrugada,
ainda estou
a rabiscar poemas,
palavras que lhe falo
com a alma livre,
nos únicos momentos
onde transparece
minha autenticidade.

Meu amado:
preste atenção
a todas as madrugadas
e se o seu pensamento
procurar o meu,
entregue-se a sonhar...

Se sentir saudades,
não precisará me chamar
pois estarei atenta
e irei com você
para qualquer
lugar do mundo!

Arethuza Viana

POR QUE?


Você diz que me ama e que por mim faria
tudo mesmo o que parece até impossível,
que pela vida toda jamais me esqueceria
que seu sentimento é forte e indiscutível!

Eu que o amo, sou feliz por ser assim amada,
todos os meus pensamentos são só seus...
Só você torna minha vida iluminada
e você diz precisar tanto dos carinhos meus...

Mas de vez em quando me ponho a pensar
e me ponho inesperadamente a indagar
sobre fatos que desbotam o meu sorriso...

Você me ama, diz a toda hora o que sente.
Então amor, porque você nunca está presente
nas horas solitárias, quando de você mais preciso?

Arethuza Viana

POESIA INACABADA


Mais uma vez e outra e outra mais, tentei,
perdida em sonhos e encantos viciada...
Só Deus sabe quanto, em cada vez te amei
ao cruzar contigo outra vez a mesma estrada!

Quando o amor em mim adormecia,
chegavas, depois de meses ou anos
e novamente ao teu chamado eu atendia
mudando minha vida e meus planos.

E foi tanto desejo, sonho e amor... Tanto!
Que esquecia da última tristeza e da dor.
Lá ía eu de novo, encontrar um novo pranto!

Que loucuras faz uma mulher apaixonada....
Hoje sei que entre idas e vindas, meu amor,
Serás minha única poesia inacabada....

Arethuza Viana

DEIXA-ME IR


Deixa-me ir... por favor,
deixa-me... Eu preciso!
Meu coração está sangrando
na tua companhia.
Por favor, eu necessito
ter no rosto, um sorriso,
quero de volta a minha vida
e minha alegria!

Não me detenhas
mais ao teu lado, eu imploro!
Eu te amei um dia,
mas diante da tua crueldade,
meu coração te rejeita
e se me tocas eu choro
pela humilhação
de sentir por mim, só piedade.

Preciso partir antes
que de fato, eu enlouqueça,
para outros caminhos
onde esta dor, esqueça
e a minha paz, tenha de volta
numa vida amena!

Deixa-me partir
e esqueças que fui tua um dia...
Não suporto mais expor
a todos a face de “Maria”,
e implodir os instintos
de “Madalena!”

 Arethuza Viana

PARA LONGE DE VOCÊ


Não me olhe com tristeza
nem com pena,
enquanto arrumo
o que é meu, devagar,
enquanto não lhe fito
e saio assim de cena
e deixo nossos momentos
aqui neste lugar.

Fui amada demais
pra me conformar agora
com a mesmice
de um cotidiano triste.
Deixo aqui meus sonhos,
mas vou embora
já que amor de um,
não consola. Não existe.

Levo meus carinhos
para qualquer cabana
simples à beira mar,
para meu aconchego
e libertarei a minha
alma livre de cigana...

Sacola nas costas,
lá vou eu rumo ao mar...
onde estarei longe
de qualquer apego,
e de quem de verdade
não me soube amar!

Arethuza Viana

RECEIOS


Quando ainda
era cedo na minha vida,
senti que já estava
ficando tarde demais.

Já era tarde
e eu apenas
desabrochava.

Meu olhar
tinha uma direção vaga
inevitavelmente imprevista.

Os anos deviam ser
os mais alegres
e perseguia-me
a sombra do medo.

Na história
da minha vida,
existem longos espaços,
onde poderia haver alguém,
um sonho ou até uma dor.

Ainda continuo
com meus medos,
porém meu maior temor
é de muito tarde
na vida, recomeçar!

Arethuza Viana

DOCE ESPERA


Banho o corpo
de desejos e vontades
guardadas por
quem espero todo dia...
Cheiro de maresia
me traz saudades
de quem me prometeu
que chegaria!

Vim para longe
do progresso insano
para a vidinha
dos puros e singelos...
Amo você,
espero e não me engano,
viveremos aqui
os momentos mais belos...

A água morna e salgada
me vem à boca,
onde guardo ainda
o gosto bom do seu beijo,
o vento traz sua voz
apaixonada e rouca
e sua imagem
se aproximando eu vejo!

E nesse lugar só nosso,
um paraíso,
minha espera
é mansa e confiante...
Sei que virá...
Vejo seu rosto num sorriso
chegando sutil,
a qualquer instante!

Arethuza Viana

NÃO ME PERGUNTES



Não me perguntes
se ainda te amo,
porque
não te demonstrarei
tristezas no rosto.

Como resposta,
perceberás
que estou tentado
reconstruir meu coração,
procurando méritos
nas minhas atitudes

Não notificarei
no semblante,
uma dor incômoda.

Não me perguntes
se ainda te amo,
porque, certamente,
direi que não!

É incrível!
- "Às vezes
eu me surpreendo
como consigo mentir
tão seriamente,
usando uma caneta
e um papel !..."

Arethuza Viana

DORME MEU ANJO!


Dorme meu anjinho amado,
imagem tão querida,
descansa este corpo
que me desperta o desejo...
Dorme meu amor,
sonha com o melhor da vida
que de longe te imagino
e com paixão te beijo!

Dorme anjo...
mãos largadas,
sozinhas e vazias...
que poderiam tocar
toda minha sensibilidade.
Talvez o destino
nos guarde muitos dias,
e transforme
nossos sonhos
em realidade!

Dorme amado meu...
Aqui espero o sono perdido.
Fecho os olhos,
te embalando, anjo querido,
te recosto ao peito
e chego a sentir teu cheiro!

Adormecido...
Sentirás
minha presença amena.
Que tenhas uma noite
repousante e serena
com meu corpo
se aconchegando por inteiro!

Arethuza Viana

CONVITE


Vem sem receio!
Nos conheceremos melhor
se nos tocarmos
em descobertas.

Quem eu amo
nada quer de mim
desses instantes
que ofereço
com fidelidade infinita!

Então,
vem deitar teu beijo
no leito que dividiremos
por momentos
inesquecíveis!

Não te farei restrições,
apenas quero
que teu sono seja breve...

Beberas o néctar
do meu amor
e te adormecerei
como um anjo!
Anjo menino
que me deixará farta...

As horas
formarão poemas
e me terás em oferenda
como se fosse
um grande
e duradouro amor!

Amor sim!
Por que não?
Uma maravilhosa
e diferente forma de amar
sem dores no amanhã...

Agora,
meu anjo, vai!
Já amanheceu
e nosso tempo acaba aqui,
sem regresso e agonias.

Levarás de mim
um sabor diferente
e quem sabe
te recordarei um dia
com um sorriso nos lábios?

Arethuza Viana

DESAMOR


Seu desejo por mim,
cedeu lugar a renúncia.

Sua voz ficou tão diferente,
desbotada e fria...

Sua presença, uma sombra,
um fantasma
do que foi você...

Minha palavra ficou tão presa!
O desamor
me fechou a garganta.

Hoje mostro uma quietude
de quem não lhe quer mais...

Mas
o meu sofrimento,
tenha a certeza,
é do tamanho
do seu esquecimento!

Arethuza Viana