Loading...

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

POESIA INACABADA


Mais uma vez e outra e outra mais, tentei,
perdida em sonhos e encantos viciada...
Só Deus sabe quanto, em cada vez te amei
ao cruzar contigo outra vez a mesma estrada!

Quando o amor em mim adormecia,
chegavas, depois de meses ou anos
e novamente ao teu chamado eu atendia
mudando minha vida e meus planos.

E foi tanto desejo, sonho e amor... Tanto!
Que esquecia da última tristeza e da dor.
Lá ía eu de novo, encontrar um novo pranto!

Que loucuras faz uma mulher apaixonada....
Hoje sei que entre idas e vindas, meu amor,
Serás minha única poesia inacabada....

Arethuza Viana

0 comentários:

Postar um comentário